28.4.13

Nos 60 de Roberto Bolaño

Amar 100 vezes a mesma miúda, bater as ruas como cão romântico, e as sobras, grossas sobras, de um ano e pouco de leituras, aqui. Roberto Bolaño: 28 de abril de 1953 - 15 de julho de 2003.