4.2.13

Entradas num livro novo #03

Levasse alguém assim pela mão
e uma coroa de vento que rija
não conversa com ninguém
e nem tu mesmo queres falar

Vais à vela de um dia que acaba
à cama com sono e muito cedo
e se mexes no meio do assobio
fazia alegre e volante o sopro  

Eu acho que a árvore ainda mexe mal
estou sozinho e noto a tinta diferente
miudinha e feita à sombra de punho
como se lá dentro bombasse pulmão

Uma pedra parecida
Fevereiro 2013