21.2.12

#PrimaveraValenciana

Entrei em Valencia numa tarde de primavera de 2007. Tinha três dias pela frente, sapatilhas de atletismo na mochila e o leito de um rio que já não corria ali há muito tempo. O hotel tinha o nome do rio. Vi o mercado e os comboios. Falei e comi arroz, não corri muito, terra alegre, terra quente. Hoje batem nos miúdos em Valencia, batem com força na malta de Valencia.